segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Meu livro,meu companheiro...




O silêncio das palavras mansas de te dizer preenche os dias
que por aqui passam agonizantes sufocados pelo entardecer,
Outono da vida,
Outono temporal que agoniza em finais de tarde de cores quentes e adocicadas,
silenciosamente sinto os teus passos,
chegas e reclinas-te no dia que parte penso-te,
vejo-te e quero-te sempre por perto.
As palavras teimam em trazer-te até mim,
fazem-se de silenciosas caminhadas impregnadas de sofrer e dor,
caminhas sempre em passos curtos mas certos na minha direcção tomando-me e levando contigo tanto,
mas tanto do que me dás,
deixas-me pouco e levas-me tudo,
e o tudo !!!Étudo...
(EU)
16-10-2011
17-30

(É simplesmente fascinante ler um livro e apaixonar-se por ele e nem todo o ser humano tem o coração ou a mente aberta para tal acontecimento extraordinariamente belo e tão pleno de amor,carinho,ternura e envolvimento...
Por mais de três anos esse livro de Mia Couto andou''viajou''para onde quer que eu fosse,era na verdade um companheiro que eu não dispensava cheguei a dizer-lhe''ao meu livro''que era na verdade um amante perfeito(carinhoso,presente,silencioso,e estimulante dos sonhos)nada mais poderia fazer-lhe que dedicar-lhe algumas simples e amorosas palavras antes de colocá-lo na prateleira,sendo que ainda não lhe encontrei substituto à altura,contudo o meu coração está aberto é só acontecer o klik.)

2 comentários:

julio rodrigues correia disse...

Bela prosa, Ade! Vc tem a ternura nas mãos e no pensamento e pari excelentes comentários. Abraço, amiga!

Caminhada Certa disse...

É simplesmente fascinante ler um livro e apaixonar-se por ele e nem todo o ser humano tem o coração ou a mente aberta para tal acontecimento extraordinariamente belo e tão pleno de amor,carinho,ternura e envolvimento...
Por mais de três anos esse livro de Mia Couto andou''viajou''para onde quer que eu fosse,era na verdade um companheiro que eu não dispensava cheguei a dizer-lhe''ao meu livro''que era na verdade um amante perfeito(carinhoso,presente,silencioso,e estimulante dos sonhos)nada mais poderia fazer-lhe que dedicar-lhe algumas simples e amorosas palavras antes de colocá-lo na prateleira,sendo que ainda não lhe encontrei substituto à altura,contudo o meu coração está aberto é só acontecer o klik.
Muito grata a você caro amigo que do lado de lá do oceano longe na distância me vê assim com esse ''bom e transparente''olhar de poeta.
Outro abraço daqui para aí...