segunda-feira, 31 de outubro de 2011

A montanha...e a cidade!!!

As montanhas secas do meu olhar esperam tempo fértil,
tempo de amar ,
tempo de esperar que o tempo faça e me desafie a ter tempo.
Quando subo e me esgoto na canseira da caminhada
janelas de vidros sujos se colocam a meu lado na subida enfraquecendo-me a vontade.
O meu olhar estende-se por montes e vales como se quisesse guardar todas as imagens que pouco a pouco vão surgindo ,
gente apressada aos tropeções e aos encontrões ziguezagueiam pelo caminho de encontro uns aos outros ,
olhos semicerrados virados para a montanha
sigo  na vagarosa subida e encontro o prazer do presente
que me aguarda no futuro .
A noite cai sobre a cidade,
centenas,milhares,milhões de luzinhas piscam na escuridão que se abate sobre a minha cabeça ,
não estou habituada a esta iluminação,
necessito de mais luz,
 imagino lá longe o voo dos melros e o piar das aves nocturnas
o voo do morcego ao anoitecer também me vem à memória ,
sinto de súbito uma vontade imensa de chegar ao meu destino !
Destino?
Mas afinal quem sabe onde é o meu destino?
Julgo sabê-lo ,
mas são tantas as duvidas que me assaltam o pensamento
que chego a ter duvidas deste meu desejo no momento,
e no momento sigo na escuridão que a cidade me dá ,
e a cidade sufoca o meu presente sem futuro.
Mais uma paragem,mais uma saída ,mais umas entradas e...mais,mais,mais...
E eu por aqui na cidade,sem sinais,
O mais absoluto silêncio,
levanta uma espécie de vidraça à minha volta ,
embaciada pela minha respiração assustada.
Apenas um pensamento...
Ser feliz na chegada!!!
(EU)
31-10-2011
17.30h

Sem comentários: