domingo, 20 de novembro de 2011

Dizer de tudo sem sentir compromisso com o tudo que digo...
__É isso que me apetece;
__Fazer de cada palavra um acto de amor em que se entrelaçam letras que falam desse sentimento tão sublime que foi  capaz de se deixar esmagar ...
__Mistura  de  afecto e ternura que agora  recebo através dos buracos do meu velho casaco que envergo para me proteger do imenso frio que me trespassa e perfura o ser,transformo-o  em escudo  ainda que não se note o esforço de não deixar passar mais perturbação e que lhe causou tal estrago,deixando-o assim irremediavelmente esburacado e à mercê dos olhares de compaixão...
(EU)
20-11-2011
19.45h

Sem comentários: